Runner da Semana: Germana Moraes

07:19 Rafaela Marreiros 0 Comments



What’s up people! 
Já ouviram falar em um esporte chamado Triathlon? Sim? Não? Bom, em ambos os casos a entrevista de hoje irá lhe apresentar esse esporte que particularmente tenho vontade de fazer um dia, com mais fôlego e preparação, quem sabe...rsrs.

Nossa runner, ciclista e nadadora da semana, Germana Moraes, compartilha conosco sua história de amor com o esporte, sua participação como uma das primeiras piauienses a enfrentar a maior competição do esporte mês que vem, chamada Ironman, e sua preparação e rotina de treinos. Confiram a entrevista que está show de bola em todos os 3 níveis: corrida, natação e ciclismo!




O que te motivou a começar a correr e há quanto tempo você corre? 

Antes de começar a correr, eu já fazia musculação. Associado ao meu programa de musculação havia alguns minutos de corrida na esteira. E sempre eu corria muito mais tempo do que o instrutor da academia pedia. Porque eu realmente gostava de correr. Além de todos os benefícios que a corrida nos proporciona como emagrecimento, melhor condicionamento cardio-vascular, correr pra mim é um momento de reflexão, onde eu coloco meus pensamentos em dia e consigo relaxar. Na academia onde malho é localizado o escritório da assessoria de corrida que me orienta, e sempre via corredores com aquela camisa azul,marca registrada da mesma, nas esteiras. E achava legal aquela rotina de treino daqueles corredores “fardados”. Um belo dia, em janeiro do ano de 2014, fui falar com o Técnico que queria conhecer a assessoria e estou na mesma até hoje.




Quando participei da minha primeira competição (1° Corrida do Coração), lembro que comentei que gostava de natação e logo a Dani me apresentou a você e a outras pessoas que já praticavam o triathlon antes. Confesso que só tinha uma ideia básica do que seria o triathlon, uma prática esportiva que alia a natação, a corrida e o ciclismo.São três esportes que adoro, particularmente. Gostaria que nos explicasse como funciona o triathlon e porque você decidiu praticá-lo.
O Triathlon é a combinação de 3 esportes praticados sem interrupção e na seguinte ordem: natação, ciclismo e corrida. Surgiu no Havaí, no século passado, país que sedia o Campeonato Mundial de Ironman e é o sonho de qualquer triatleta conhecer.  O Triathlon pode ser classificado de acordo com as distâncias percorridas e local onde é praticado em: Fast, Sprint, Olímpico, Meio-ironman ou Ironman 70.3, Ironman e Ultraironman. Primeiro, iniciei na corrida. Sempre gostei de participar de todas as provas de corridas da cidade. Não perco uma. Pois é o momento em que colocamos em prática todo nosso treinamento. E podemos mensurar nossa evolução, ao baixar nosso pace pra conseguir alcançar melhores marcas de tempo. Além de ser um momento de grande confraternização com os membros da assessoria. Um certo dia, surgiu uma prova de Duathlon (2,5km corrida – 20km ciclismo – 2,5km corrida) e eu me inscrevi. Não fui bem colocada obviamente, porque não havia treinado na bicicleta. Mas gostei daquela sensação de praticar 2 modalidades numa competição só. Quando terminei, recebi o convite de um técnico de triathlon de uma assessoria local para ser treinada por ele. Me senti desafiada, então aceitei o convite. E disse sim para uma das maiores paixões da minha vida, o Triathlon.



Você comentou comigo que irá participar do Ironman mês que vem, que para quem não sabe, é a maior competição de triathlon do mundo e que também se tornou uma modalidade do esporte, onde existem várias categorias. A padrão consiste no desafio e na “loucura” também de nadar 3.800 metros, pedalar 180km e se a pessoa ainda tiver viva correr 42km. Nossa fiquei sem fôlego só de pensar, imagina pra você que irá participar da prova sendo uma das primeiras mulheres piauienses a participarem do evento. Conte-nos, porque você decidiu participar dessa prova, especificamente?
Na assessoria de Triathlon, outros atletas mais experientes iriam fazer o Ironman 70.3 em Brasília, que consiste em nadar 1.900m, pedalar 90km e correr 21km. Meu técnico disse que eu também seria capaz de fazer se cumprisse o cronograma de treinamento proposto. Então, como já havia falado, gosto de desafios. E de imediato, topei me inscrever. Futuramente, num prazo de 2 anos, pretendo fazer o full Ironman.



 Nadar, pedalar e correr, são atividades que devem ocupar muito o seu tempo. Conte-nos, como é sua rotina de treinos? Como você consegue conciliar a natação, o ciclismo e a corrida?
O triathlon é um esporte que requer muita dedicação. Costumo dizer que quem faz triathlon, faz porque o ama. O atleta deve ter muito comprometimento. Porque é um esporte que demanda bastante tempo, muitas vezes, temos que abdicar de compromissos sociais para não faltar aos treinos. Todos os dias, pratico 2 modalidades de esporte. Todas as manhãs, acordo 4:30 para as 6h estar correndo ou pedalando. Geralmente, esses treinos são rápidos com 1 hora de duração.  Nas quartas, sextas e domingos, eu treino o ciclismo. Nas terças, quintas e sábados, treino Corrida. Todas as noites, de segunda a sexta, treino natação. Os treinos nos finais de semana são chamados de longões, como o nome diz, são treinos mais longos de corrida geralmente com 1h e 30 min de duração e o de ciclismo pode chegar até a 3h de duração, no meu caso. Sendo que ainda, pratico musculação 2 vezes na semana no intervalo do almoço.



Como são atividades aeróbicas de alta intensidade, gostaria de saber um pouco mais a respeito de seus hábitos alimentares. Você segue alguma dieta ou tem algum acompanhamento de um profissional da área da saúde?
Quando decidi fazer o Ironman 70.3, senti a necessidade de procurar uma orientação de um nutricionista. Com o intuito de ter uma melhor performance e consequentemente, alcançar o resultado almejado. No meu caso, teria que perder alguns quilos. Resultado esse que venho obtendo aliado ao ganho de massa magra. Confesso que não é fácil, principalmente, pra mim que sou chocólatra assumida. Mas estou conseguindo manter uma dieta mais regrada. E quando vejo os treinos renderem mais, tenho a certeza que realmente vale a pena.



Desde aquele dia em que nos conhecemos eu me surpreendi em saber que há vários praticantes do triathlon aqui em Teresina. Como você avalia a prática do esporte em nossa cidade?
Ainda temos poucos praticantes, mas vejo o crescimento considerável nos últimos anos tanto de adultos quanto de adolescentes e até crianças. Acredito que temos pouca quantidade, mas ganhamos em qualidade. Prova disso, será a delegação piauiense que irá ao Campeonato Mundial de Triathlon em setembro desse ano em Chicago, nos EUA, que será composta de ao menos 7 atletas. Acredito que nosso Estado tem muito potencial para o Triathlon, nos falta apenas investimento no esporte tanto das instituições públicas quanto das empresas privadas.



Correr e pedalar em Teresina é algo complicado. Já que divide-se os espaços com carros e motos, sem contar que há os assaltos também. Quais seriam os lugares mais “adequados” para prática do esporte em nossa cidade?
“Você está treinando escondido”, por brincadeira, é muito comum dizermos esta frase ao encontrarmos um amigo atleta que há algum tempo não nos esbarramos durante os treinos nas Avenidas da cidade. Porque se o mesmo está treinando com certeza uma hora ou outra, iremos encontrar com ele. Uma vez que aqui em Teresina os lugares de treinos são sempre os mesmos para todos, como por exemplo: Av. Raul Lopes; Marechal Castelo Branco; BR que liga Teresina a Campo Maior e Rodoanel. Particularmente, evito treinar na BR. Acho perigoso pedalar nos acostamentos extremamente estreitos devido ao fluxo muito grande caminhões e carros em alta velocidade, podendo sobrar por exemplo numa curva e sair da pista causando um acidente.




Depois que você começa a praticar algum esporte e vicia nele, você acaba, na verdade, se viciando na adrenalina que aquele esporte lhe faz sentir. O que te fascina mais no triathlon?
Várias coisas me fascinam no Triathlon. Através do Triathlon, podemos conhecer e desbravar novos lugares, fazer novas amizades, melhorar condicionamento físico, ter um lifestyle mais saudável, assim por diante. Mas, a capacidade de estar se superando a cada treino é o que mais me motiva. Você perceber a melhora de sua própria performance é o melhor. Faz valer a pena todo o esforço e dedicação prestados.

Além do ironman, existe(m) outra(s) prova(s) da modalidade que você queira participar? Alguma em outro país?
Sim, pretendo fazer o Ironman 70.3 Pucón no Chile, considero a prova mais bonita do mundo. Seu percurso é muito charmoso com flores, árvores, montanhas e o vulcão Villarrica que pode ser visto durante todo o tempo da prova. Essa não é uma prova para bater recordes. É uma prova muita desafiadora em que a todo momento você estará contemplando a relação entre os próprios limites e a natureza.



Em poucas palavras defina: o que é a corrida pra você?
Corrida pra mim é a maior forma de liberdade do ser humano.

0 comentários: