RUNNERS DA SEMANA: JANIELA E BÁRBARA - TOP 20 - GOLDEN FOUR ASICS

15:47 Rafaela Marreiros 0 Comments



Hello Runners,
 
Havia já um tempo que não postava os runners da semana I’m sorry pelo longo hiato. Mas, cá estamos de volta! E, ao invés de um runner da semana, hoje iremos ter DOIS runners, na verdade, DUAS: Bárbara e Janiela. No final do mês de junho aconteceu em Fortaleza a meia maratona da Asics a famosa Golden Four. Essa era para ter sido a minha prova de estreia em meias, mas acabou não rolando (BSB me espera...haha).  
Tanto a Bárbara quanto a Janiela estrearam em sua primeira meia em nada mais nada menos que no Ranking Geral entre as 20 primeiras entre mais de 2 mil inscritos, sem contar que Bárbara chegou em 1° lugar em sua categoria e 6° lugar geral enquanto que Janiela chegou em 7° lugar geral. 
É ou não é de se aplaudir essas duas?! 
Confiram abaixo a entrevista que o Dress to Run realizou com essas feras. 

E, para quem como eu, está buscando fazer sua primeira meia, essa entrevista é no mínimo interessante! ;D




Participar de uma meia maratona, é a primeira grande prova de um corredor de rua, mas requer muita disciplina e superação a cada treino. Conte-nos como foi a preparação de vocês para a primeira grande meia. 
Janiela: Quando meu treinador (Paulo Miranda) falou: você vai competir os 21 km e vai estrear na Golden four de Fortaleza dia 28/06; rapidamente olhei para ele e falei: ham?! Fiquei meio que assustada, querendo não acreditar no que ele disse, ou seja, de início fui logo preparando o psicológico, afinal correr 21km não é a mesma coisa de 5 e 10 km. É sem comparação. Fiquei buscando em cada treino, a exaustão, dores, preparando os dois que andam lado a lado, corpo e mente, que sem um deles as coisas desandam para qualquer coisa que poderia acontecer no percurso. E isso ajudou-me bastante na prova.


Bárbara: O treino ficou mais longo e intenso, pois íamos correr 21km e é muito chão!  E com isso teve um aumento na alimentação no pré e pós treino.

Janiela
No final do mês de junho ocorreu em Fortaleza, a Golden Four, os 21k da Asics. Se tivesse me mantido fiel aos meus treinos teria participado da prova, mas a etapa Brasília ainda está em jogo...rsrs. Gostaria de saber como vocês avaliam a competição desde a entrega dos kits até a linha de chegada. Vocês recomendariam essa prova para quem está buscando fazer sua primeira meia? 
Janiela: É uma prova espetacular, preocupou-se com os atletas que iriam competir, organização ótima com esclarecimentos sobre o percurso na entrega dos kits, com palestras de corredores e em cada percurso havia hidratação. Gostei de tudo, e sim, recomendo àqueles que querem estrear em uma meia com um percurso duro e com subidas, descidas, e muito sol e vento.


Bárbara: A entrega dos kits estava bem organizada e foi bem rápida; tinham vários espaços para tirar fotos, tudo muito bonito. Tivemos informações sobre o percurso por meio de atletas de Fortaleza que também tiraram nossas dúvidas a respeito da prova. Na largada, tudo foi bem organizado; hidratação durante o percurso bem dividida com água e gatorade. Na chegada, haviam baldes de água bem gelada para relaxar as pernas, o que ajudou muito na minha recuperação após a prova!

Bárbara
Vocês não só participaram da Golden Four, mas também entraram para o ranking geral das tops 20 perto da elite feminina entre mais de 2 mil inscritos! Como foi a sensação de além de cruzar a linha de chegada saber que vocês estavam entre as 10 primeiras entre milhares de corredores?! Atingir o ranking top 20 era um objetivo de vocês desde o início?! 
Janiela: Foi uma sensação dever cumprido, que a dureza nos treinos estava no caminho certo e que ainda estamos. Sinceramente, o meu objetivo era concluir a prova e sentir como era a sensação de competir 21 quilômetros, mas veio essa conquista de estar entre as 20 primeiras do ranking. Agradeço a Deus, meu treinador que depositou sua confiança em nós e sempre dizia “vocês tem potencial de chegar ente as primeiras” e ele não errou nessa afirmação, fiquei supressa comigo mesma em concluir a prova, e estar ainda de pé e sorrindo olhando para o céu agradecendo: consegui Pai, obrigado!


Bárbara: Fiquei muito feliz ao perceber que todo o meu esforço teve o resultado que já era esperado. Foi uma grande conquista terminar os 21km entre as 20 primeiras. 

Correr 21 quilômetros, não é nada fácil. E para chegar até lá, requer-se uma série de cuidados antes, durante e depois da prova. Que cuidados físicos, com alimentação e hidratação vocês tiveram para participarem da primeira meia de vocês? 
Janiela: Tivemos o acompanhamento de nutricionista direto, a mesma  nutricionista esportiva (Nathasha Pessoa), que preocupou-se com nossa alimentação e hidratação tanto nos treinos quanto na prova. Foi essencial para nossa performance, alimentação foi redobrada, e em três e três horas, muitas frutas, hidratação durante e pós treinos, tudo nos conformes para não se desidratar e recompor-se novamente.

Bárbara: Muita hidratação com frutas que tem mais água como laranja e melancia; e um pequeno aumento de carboidrato na alimentação. 

Como foi a experiência de estrear em uma meia e ainda entre os tops 20?! Qual é a melhor parte de uma experiência como essa? 
Janiela: Foi uma competição de aprendizagem, aprendi em cada quilômetro como se comportar e saber qual o melhor momento da explosão, e aonde que seu psicológico entre em ação, quando chega nos 10 km e vem aquele pequeno pensamento “Meu Deus Falta mais 11km”...rsrs Fiquei emocionada por esta ali e ter um resultado que nem eu sabia que iria ter, foi “surpreendente”  fiquei alegre  ao ver que estava entre as 20 mulheres e de ser a 7° colocada no ranking geral, pois não passava pela minha mente, simplesmente olhei pra cima e agradeci a DEUS. A melhor parte foi ultrapassar a linha de chegada e ver que o suor derramado e a dedicação nos treinos deram resultados, e que estou no caminho certo. E, os erros cometidos durante o percurso levarei para a próxima, mas convertidos em acertos.


Bárbara: Para mim a prova foi difícil e dolorosa, mas com muita fé e graças ao treinamento consegui concluir a prova e ver que superei tudo e em exclusive a mente!



Definam em uma palavra a emoção de participar de sua primeira meia. 
Janiela: Supreendente. 

Bárbara: Imprevisível.



Muitos questionam: “Você é louco! Pra quê correr 21 km?!” Que recado vocês dariam como incentivo àqueles “loucos”, que como eu querem participar de uma meia pela primeira vez?!
Janiela: Ser louco é viver altas emoções e usufruir da sensação de fazer parte da emoção em cada quilômetro seja qual for o percurso 5,10 ou 21 km. Só os loucos sabem o que é sentir-se bem e saber que você foi além dos seus limites, ultrapassou suas próprias barreiras. Buscar novas experiências, saber até onde seu corpo vai é fundamental para vida, então comece os treinos e foque nas competições e Boa Prova!
  

Bárbara: Correr faz bem para o corpo, alma e mente. Se correr é uma loucura então quero essa loucura em mim, eu amo correr!

0 comentários: