10 dicas para quem deseja fazer a primeira viagem internacional

20:29 Rafaela Marreiros 0 Comments


E quem aí nunca pensou em viajar para fora do país, mas acaba achando que é muito difícil ou que está fora do seu alcance ou pior que é uma utopia do impossível?! Pare já com essas ideias e confiram nossas dicas para quem está pensando, planejando ou até sonhando com sua primeira viagem internacional. #dreamsreallydocometruepeople!


By #DTR team



A primeira dica é: “Não precisa ser rico ou milionário para fazer uma viagem internacional.” Muitas pessoas pensam que realizar uma viagem pra fora do Brasil é algo impossível e que somente pessoas com muito dinheiro podem. A Key Word na hora de decidir fazer uma viagem internacional é Planejamento. Se você se planeja ao longo do ano fica bem fácil realizar o seu sonho de viajar. E, para que isso ocorra, você deve ir a uma agência de viagens, pois elas possuem diferentes formas de pagamento ou você mesmo pode pesquisar e comprar suas passagens com preços melhores e mais acessíveis ao seu orçamento.


A segunda dica é: Definir o que deseja fazer nesta viagem. Muitas pessoas querem viajar, mas não sabem o que realmente querem fazer. Se for para fazer algum curso para aprimorar o idioma que estuda ou apenas conhecer alguns pontos turísticos ou até mesmo fazer a “louca” e comprar tudo que enxergar pela sua frente, é importante que tenha em mente o seu goal. Então, a partir da definição do que deseja fazer na viagem você pode começar a planejar o orçamento necessário para realizar a sua viagem.
A terceira dica é: “Em que estação do ano eu gostaria de viajar?” Muitas pessoas decidem viajar sem analisar o clima local e às vezes ficam frustradas ao chegar ao país e não conseguem se adaptar. Nesse sentido, pesquise que estação do ano você deseja ir, se no inverno ou no verão ou se gosta de neve ou se prefere um período mais quente. Pesquise na internet e verifique a estação mais apropriada para você. Imagina se você viaja para um país em pleno inverno e você levou apenas biquínis e shorts...kkk não será a melhor viagem da sua vida.

A quarta dica é um complemento da terceira: “Que roupa devo levar?” Quando se viaja, principalmente em viagens internacionais, você deve se preocupar com o peso da sua mala. Há pessoas que desejam levar o guarda roupa inteiro na mala e você não pode, pois existe um limite de peso da mala que é de 32 kg (em voos internacionais você tem direito a levar duas malas de 32kg). Então, o mais adequado é definir de forma bem básica o que deseja levar na sua mala e deixe sempre um espaço para as coisas que deseja trazer, pois sempre compramos mais do que devíamos além de algumas lembranças e souvenirs para amigos e familiares que podem acabar excedendo o peso.


A nossa quinta dica é: “Que documentos eu preciso ter pra ir ao meu destino?” Cada país tem suas exigências e isso é muito importante para a organização do país e nesse sentido você deve ficar atento a que tipo de documentação deve ter pra viajar para o país que tanto sonha. Por exemplo, se deseja viajar para Argentina apenas a sua carteira de Identidade seria o suficiente para chegar a esse país, mas se for para o Canadá ou EUA será necessário um passaporte e visto que é uma espécie de permissão para a entrada no país. Em outros lugares como a Europa não há exigência de visto para quem deseja realizar uma viagem curta de um mês, por exemplo, mas se for superior a três meses será necessário um visto.

A sexta dica é: “Tenha uma mente aberta para o novo.” Muitas pessoas ao chegarem a um país ficam intimidados ou até mesmo envergonhados ao vivenciarem algumas experiências em um outro país. Posso falar de uma coisa bem simples como a maneira que em alguns lugares os homens se cumprimentam que para alguns seria inadmissível como homens se cumprimentarem com um beijo no rosto ou até mesmo a maneira que as pessoas se vestem pode ser um pouco diferente para você e você deve agir de forma natural e entender que essa diferença cultural pode te enriquecer como todo e contribuir para seu status de cidadão do mundo.


A sétima dica é para quem precisa de energia. “Compre um adaptador universal”. Nós utilizamos celular, computador e outros eletrônicos a todo o momento e quando você faz uma viagem internacional você deseja registrar tudo. Mas, todo país tem alguma diferença nas tomadas e isso pode parecer apenas uma bobagem, mas é algo essencial. Você deve comprar um adaptador universal para tomadas e assim você não terá o problema de ficar sem bateria na sua câmera, ou do seu telefone e perder a chance de registar momentos inesquecíveis da sua viagem.

Na dica número oito vamos falar de Money. “Você deve ficar atento ao tipo de moeda que vai levar. ” Na primeira dica foi falado que não precisa ser rico para viajar e isso é verdade, por isso, é importante saber e acompanhar como está a cotação da moeda que você vai usar no país de destino podendo assim comprar em um melhor preço.

A dica número nove é: A língua falada no país. Para viajar não precisa ser fluente na língua do país que você deseja conhecer, mas tente aprender o máximo de expressões que possa. Agora se você fala Inglês você vai ficar mais tranquilo na viagem, pois, eu já viajei para lugares onde o Inglês não é a língua oficial e não tive nenhum problema em me comunicar com as pessoas usando o Inglês. A língua inglesa lhe abre fronteiras.
A minha última dica é: “Sempre pense positivo e acredite que as coisas são possíveis. ” Em muitos momentos em que você está em um país diferente e você está perdido ou em uma situação bem inusitada, tente não ficar nervoso. Pense positivo. Em muitas viagens eu me encontrava completamente perdido e tirava proveito dessa situação para avaliar o local que estava e encontrava lugares muito encantadores que em alguns momentos eram mais belos que o meu destino inicial. Não fique nervoso se passar por alguma uma situação como essa que passei.
Agora escolham um lugar do mundo e comecem já a se planejar! O tempo voa e esse mundão é grande Demais para pedermos tempo! Good trip guys! ;)


Espero que estejam gostando das dicas de viagem do #DTR. E deixem nos comentários o que vocês gostariam de ver mais por aqui. Até a próxima.



0 comentários: