DTR 2017: O (RE)COMEÇO

23:16 Rafaela Marreiros 2 Comments


Bom, todo começo de ano é um (re)começo, não é mesmo? Ou em meu caso, particularmente, um (co)meço. Dois mil e dezessete, não só traz mudanças, como também o mistério do que serão essas mudanças e de como a vida vai se encaminhar ao longo desses 12 meses. Planos, resoluções, objetivos, decisões, quanta coisa a se definir em tão pouco tempo. Sim, pouco tempo. Porque as pessoas costumam traçar suas metas já no início de janeiro e ali mesmo já definem como prontas para serem executadas ao longo do ano. Mas, assim como a vida não é estática, nossas metas, planos, objetivos e decisões também não o são. 




Experiências e acontecimentos ocorrem no meio do caminho que fazem com que nossos planos mudem. E, é aí, que mora o perigo. O perigo de não se conseguir mudar, de ficar preso no plano inicial, naquela ideia que parecia perfeita, mas que no fim das contas precisava ser reajustada. E, olha que coincidência! A vida não é mesmo assim?! Nos planejamos pra ela, sempre em um “começo”. O começo de um ano, geralmente em janeiro. O começo de um mês, geralmente, no seu primeiro dia (útil, para alguns). Ou, no começo de uma semana, geralmente, na velha e boa, segunda-feira. Porque sempre em um determinado dia, mês ou semana, que lembre um “começo”? Porque não em um 30 de dezembro de 2014, dia em que criei este blog. Porque não em uma sexta-feira? Em um feriado? No carnaval? Na semana santa ou no natal? 

Porque, para maioria, um dia ou mês que represente um começo, parece ser o momento perfeito de se “começar” algo. Pra mim, no entanto, um dia é um dia como qualquer outro, com apenas um algo em comum: há sempre uma nova chance de se começar algo novo. Esse ano, é um special year for me. Um ano de muitos sonhos a se realizar e de muitos lugares a se descobrir, tanto em mim quanto no mundo. Um ano de muitas mudanças, sempre positivas, pois até as que possam vir a serem vilãs passam a serem necessárias para que ocorra um crescimento pessoal. Esse ano, mais do que em qualquer outro, minha prioridade são elas: as mudanças.  Objetivos, decisões, planos também estão no pacote. Pacote esse que não espera um dia primeiro de um tal de dois mil e dezessete, mas que anseia há tempos dentro de mim, para florescer em qualquer dia do ano, qualquer sexta-feira, de qualquer 30 de dezembro de qualquer ano. 

2 comentários:

  1. It´s a really nice idea of how to face the opportunities that this beautiful 2017 will bring to us. I completely agree with this idea of not determinate a specific time to estabilish priorities in life
    and I try to keep this idea of new opportunities every single day coz the future we have just a vague idea and what we really know is just the present.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. That's right Andrew! We should keep this approach in life no matter the Mondays, "Januaries" and New Years. =) Thanks for your comment.

      Excluir