DTR MUSIC: A MÚSICA E O SURREALISMO DE JAIN

01:59 Rafaela Marreiros 0 Comments


Lá estava eu, nesse domingo, fazendo uns trabalhos criativos no pc enquanto buscava novas músicas para escutar no youtube. Sempre quando estou me expressando criativamente, busco ouvir música, mas já estava cansada de ouvir as mesmas músicas. Time for some refresh on the soundtrack, right ?!  

Foi, quando eu encontrei a Jain. Cantora francesa com um background multicultural de fazer inveja a qualquer wanderlust.  A música, por si só, te prende, te faz dançar, principalmente, Makeba. Tem uma batida diferente, rica, cheia de ritmos de diferentes culturas (resultado da vida meio “cigana” que a cantora levava), e que contribuiu para que sua música soasse única.



Jain nasceu em Toulouse, na França, mas passou a vida viajando e morando em outras cidades como Dubai, Abu Dhabi e República do Congo, o que justifica a mistura de ritmos em sua música como percussão árabe, ritmos afros, reggae, soul e hip-hop. O seu álbum de estreia, intitulado Zanaka, que quer dizer “infância” em malgaxe (língua típica de Madagascar e de sua mãe), fez e está fazendo o maior sucesso na Europa o que lhe rendeu a indicação de artista revelação no Victoires de la Musique, o equivalente ao Grammy americano.


Além do som e batida singulares, Jain também chama a atenção pela forma visual como se apresenta. Eu, particularmente, achei incrível os dois clipes de Makeba  (meu favorito), e Come, onde arte e música se encontram. Tão raro hoje em dia, infelizmente. Os responsáveis pela arte visual do seu primeiro álbum são Paul e Martin,  dois fotógrafos surrealistas que fazem das imagens verdadeiras obras de arte.  




Pra quem que como eu sempre busca sons diferentes e cantores que fujam do mainstream pop que ouvimos nas rádios, deixo aqui minha dica de music. Abaixo, vocês conferem o trabalho incrível e peculiar de Jain que, em minha opinião, surge como uma nova promessa de uma artista que envolve arte, um mix de diferentes culturas e música de qualidade para nossos ouvidos. ;) 




0 comentários: