DTR FASHION ID: JESSICA GOMES

09:38 Rafaela Marreiros 1 Comments

Começamos essa semana com mais um post da nossa série Fashion ID. Hoje, com a talentosíssima Jessica Gomes. Quem aí já não se deparou com um de seus desenhos no instagram, que tomei a liberdade de dar o nome de “as mulheres de Jess”? Se sim, ótimo, se não, eu pergunto: “como assim, people“  ?! Caso ainda não conheça o trabalho dessa futura designer de moda, os convido a conhecê-la melhor através dessa nossa entrevista super bacana da nossa nova série.

Stay tuned, more has to come.
Fotos: Rafaela Marreiros



Como a moda surgiu em sua vida?
A moda surgiu na minha vida na infância, sempre fui muito vaidosa, e desde que me lembro sempre gostei de desenhar. Lembro-me que na época do flogão, na descrição de trabalho escrevi, futura estilista haha. Sempre quis entrar em uma área que eu pudesse usar a minha criatividade. 


Você possui um estilo próprio. Mas, claro que sempre trazemos referências de diversas áreas para compor quem somos. Quais são suas referências, inspirações, que lhe ajudaram a compor o seu estilo de hoje?
Tenho várias referências, principalmente do street style, de cidades como Londres  e Nova York. Mas, atualmente, estou fascinada pelo estilo das garotas do Rio.


Ao se vestir, vestimos também nossa identidade visual, e essa se comunica mais rápido com as pessoas. Que mensagem você gosta de transmitir ao se vestir? Você pensa nisso antes de compor seu outfit of the day  ou isso não é algo que você põe atenção?
No dia a dia, o meu mood prevalece mais do que a mensagem que eu quero transmitir. Por agora estou tentando usar as peças que eu ainda não usei ou que não costumo usar, tentando comprar menos e usar mais a criatividade na hora de montar o look do dia.



Você é muito talentosa, e podemos perceber isso em seus desenhos. Vejo que gosta muito de retratar as mulheres. Passeando por todas as raças, cores, corpos e até aliens rsrs, mas em todos você traz sua assinatura. Como se dá seu processo criativo na hora de desenhar? Quais são suas inspirações por trás das “mulheres de Jess”?
Eu sempre procuro referências, seja de outros artistas ou mesmo de letras de músicas e ou frases. Desenho muitas mulheres, além do fato de não saber desenhar homens haha, acredito que posso pôr mais detalhes e, é mais prazeroso pra mim desenhá-las e me identificar e expressar meus sentimentos através delas. Além de procurar sempre estar praticando, ao menos um desenho por dia.

Gostei desse termo “mulheres de Jess” ( gostou?). E, falando sobre mulheres, qual ou quais figuras femininas (ícones de estilo e personalidade), no mundo da moda te inspiram, pessoalmente, ou te influenciam de alguma forma em seu trabalho?
Kkk adorei o termo. Geralmente, me influenciam por fotos no instagram, adoro a alegria dos looks das garotas do rio e de umas meninas de Londres, além de lojas como @lfstores e @vergegirl. Algumas famosas como Vanessa Hudgens e Kendall Jenner também me inspiram.


Como você enxerga a moda dentro da sociedade em que vivemos? É um elemento fugaz, transitório ou uma constante de mudanças? Em sua opinião, que papel a moda tem na construção de quem somos?
A moda está em constante mudança, mas acho que hoje em dia nós estamos revivendo as tendências do passado, mais do que criando. Pra mim, todo dia eu tenho a possibilidade de criar um eu diferente, seguir um estilo diferente, um dia mais minimalista outro mais hippie, misturar tudo. Gosto de fazer essa brincadeira, essa inconstância na hora do vestir, que vai de acordo com o meu humor.

Quem é a Jéssica futura designer de moda? Que caminhos pretende seguir em sua carreira profissional?
A futura designer de moda, anda meio perdida por querer fazer tantas coisas ao mesmo tempo. Quero fazer ilustrações, customizações, fazer acessórios, edições fotográficas, produções de moda e muito mais haha. Quero trabalhar com a moda e com o design gráfico que são minhas paixões.


E, por fim, o que é moda para você?
A moda pra mim é importante, por que posso explorar minha criatividade, me expressar. Gosto de me sentir bem, e eu acho que isso é o mais importante, você vestir uma roupa e se sentir bem, independentemente de estar ou não na “moda”. Estar confiante e feliz é a melhor roupa que você pode vestir. 




Um comentário:

  1. Realmente seu talento é visivel.... adorei tudo....

    ResponderExcluir